As marcas e os alfabetos não-latinos...

Há muitas marcas que já estão tão impregnadas em nosso cotidiano que só de olhar já sabemos a que empresa se refere. Mas eu, pelo menos, nunca tinha parado para pensar que, apesar de ícones, muitas vezes elas precisam de modificações para alcançar o público-alvo. É o caso dos exemplos abaixo. Para se adaptarem aos alfabetos não-latinos, houve alteração no nome da marca de acordo com o sistema linguístico do local. E o mais interessante é que é possível reconhecê-las ainda que não entendamos o que está, literalmente, escrito.


CNN em Árabe

Fedex em Árabe

Coca-Cola em chinês

The New York Times em Hebreu


Wordpress em Árabe


Sprite em Tailandês
Carlsberg em Hebreu


Subway em Russo

IBM em Hebreu

Besos!



Postagens mais visitadas