#EsseEuRecomendo



Hoje eu vou recomendar um filme que vi no fim de semana, se chama "No". Um nome assim, bem simples, mas para um filme que vai tratar de um assunto bem complexo: o plebiscito que resultou no fim da ditadura de Pinochet.

Já no final da década de 80, vários organismos internacionais estavam pressionando o governo chileno por causa, principalmente, das denúncias de mortos, torturados e desaparecidos desde o começo do governo militar. Para acalmar essas pressões externas, o governante decide fazer um plebiscito, acreditando na sua vitória, para "legitimar", diante das outras nações, seu governo.



Se a maioria votasse no "sim", Pinochet ficaria mais tempo no poder, se dissessem "não", deveria deixar o poder e permitir a volta da democracia. Por mais que pareça uma escolha fácil, não era tão simples assim convencer um povo que passou por várias crises financeiras e que no momento encontrava-se numa situação mais confortável, com uma menor taxa de desemprego.

E o filme enfoca, justamente, a campanha do plebiscito. A oposição contrata a Saavedra, o protagonista, para criar a campanha que irá ao ar, durante 15 minutos, cada dia, para convencer as pessoas a votarem no "No".



Um filme muito interessante, que utiliza elementos reais, como o verdadeiro filme da campanha do "no", além de aparecerem artistas que na época  também participaram dessa campanha.

Aliás, o vídeo com a música tema da campanha se encontra no museu da memória, em Santiago. Uma pena eu não ter visto o filme antes de ir lá. Aliás, esse museu vale muito a pena conhecer. E qualquer dia falo um pouco mais sobre ele.

Então, recomendo o filme para aproveitar um fim de semana chuvoso em casa e para compreender um pouco mais da história das ditaduras na América Latina. Ainda mais para entender a nossa própria. Um bom começo para muitas discussões e muito bom também  para o pessoal de publicidade e marketing.

Esse filme eu recomendo!

Deixo o link do trailer:

http://www.youtube.com/watch?v=L43ZTdVozLQ





Postagens mais visitadas