Porque é complicado ir ao médico em outro país

Quarta-feira passada, sai mais cedo do trabalho para ir a uma consulta médica. Até ai tudo bem... Era, como muitos consultórios aqui, um prédio residencial, mas o apartamento, bem grande, era usado como consultório.

Eu já tinha marcado a endocrinologista há bastante tempo. Então, fiquei lá esperando até que fui chamada. Comecei a explicar que já fazia o controle da tireoide com um médico, pois sempre tinha o hormônio um pouco acima do normal, mas que não tomava nenhum medicamento. E como tinha mudado de país, ainda não tinha feito o exame de sangue para controle. Pronto, lá vem a pergunta: "E de onde você é?". Eu assim, meio sem graça, respondi que do Brasil.

Então a médica me diz: "ah, deixa eu te fazer uma pergunta...". E eu, já me preparando para as perguntas médicas que a gente nunca sabe responder ao certo... Ela me pergunta: "O que está acontecendo no Brasil?"... Ok, você nem se prepara pro discurso, confesso que no primeiro momento fiquei perdida, sem contexto... Até que me dei conta de que ela estava querendo saber sobre as manifestações. Então, comecei a estruturar o discurso na minha cabeça.

Fui dizendo o básico, do tipo: as pessoas estão cansadas dos políticos, pagamos muitos impostos e não recebemos educação e saúde de qualidade.
Ela: _ Qual o problema da saúde?
Eu: _ Ah, a saúde é precária, as pessoas são atendidas nos corredores do hospital, falta médico, falta material...
_ Como aqui...
_ Ok, não posso comparar com a saúde daqui porque ainda não fui a um hospital público, mas acredito que la seja pior. Além disso há muita corrupção no Brasil e impunidade.
_ Como aqui...
Ok, ficamos nisso. Eu tentava argumentar que o problema lá (ou ai) é grande, mas ela dava um jeito de dizer q aqui também está péssimo. Minha vontade era de falar: "Ah, é isso mesmo, estamos mal, mas ainda assim somos melhores que vocês!!!!" Hahahah... Confesso que não seria nada legal... Vai que ao invés de remédio ela me manda tomar veneno sem eu saber, é só questão de dose. Então, preferi me acalmar, e esperar para ver se ela voltaria ao assunto que me levou aquele consultório.

Quando penso que já está tudo bem, que ela vai fazer a receita pedindo o exame de sangue, ela pega o celular, procura um email e pede para eu traduzir umas partes em português que ela não tinha entendido... Oi???!!!! Ok, devo ir pro céu mesmo, muitos nessa situação já estariam, como diz aqui, "puteando" a médica, mas eu não, traduzi o que ela queria... Era um email falando sobre um congresso de endocrinologia que será em São Paulo, na USP. Enfim, depois disso ela voltou ao tema médico e eu pude ir para casa descansada.

Besos!


Seguidores:

 

Postagens mais visitadas