5 hábitos adquiridos na Argentina

Ir morar em outro país gera uma certa crise de identidade. Isso porque é muito difícil não se deixar influenciar pela cultura local. Claro que algumas pessoas são mais fechadas e acabam tendo menos influências enquanto outras praticamente se transformam de tal forma que a própria pessoa já não sabe mais o que é. Mas tudo isso também depende do tempo que você está nesse lugar.
Eu estou a um pouco mais de 2 anos, o que não é muito, então não tive muitas influências. Acho que o mais aparente são as palavras do espanhol que costumo usar justamente porque muitas vezes é a que vem primeiro à mente ou outras que não têm uma tradução equivalente e ai acabam caindo super bem na hora de falar. Mas além da língua, há algumas coisinhas que aparecem no dia a dia que quando você vê já fazem parte dos seus hábitos. Listo então 5 coisinhas que consigo me lembrar que não fazia parte do meu hábito e agora sim.

1 - Tomar mate.
No começo eu não gostava muito não, mas acabei me rendendo a um bom mate depois do almoço para espantar o sono. Teve uma época que tomava todos os dias no trabalho e que nem argentino mesmo, compartilhando o mate com os outros. Mas depois achei que estava ingerindo muita cafeína ou mateína, pois não dispenso meu cafezinho brasileiro pela manhã, e passei a tomar só nos fins de semana. Mas não há nada melhor: depois do almoço, "siesta" e depois um bom mate para dar aquele ânimo!




2 - Usar botas de chuva
No Brasil, pelo menos no Rio, botas de chuva são coisas de criança. Porém aqui, é muito comum as mulheres usarem botas de chuva e sem a menor preocupação de ter que combinar com a roupa. Além disso há vários modelos com estampas diferentes para fugir da bota preta. Relutei mas no final aderi e é realmente muito bom pois você não molha seu pezinho. Uma beleza! Quem sabe a moda não pega no Rio também?



3 - Fazer fila para o ônibus
Não sei em outros estados, mas no Rio não é comum ter filas nos pontos. Quando o ônibus vem, sai todo mundo correndo para entrar primeiro. Aqui não, qualquer ponto tem uma fila, uma ordem. E ai de você se furar a fila, te olham feio. Por isso preste sempre atenção e na dúvida pergunte. Já estou tão acostuma que chego a ficar nervosa se algum engraçadinho ou distraindo tenta entrar na minha frente...



4 - Pegar senha na padaria ou na farmácia
Esse negócio de fila é tão sério que nas padarias e farmácias existem aquele coisinho de senhas para evitar qualquer tipo de confusão no atendimento. No começo eu não estava acostumada e muitas vezes esquecia de pegar. Ficava esperando e acabava perdendo a vez porque a ordem é sempre da senha. Hoje em dia estou mais esperta, entro no estabelecimento e vou logo procurando o coiso de senhas. É bom sempre ficar atento para não perder nem a vez nem a razão!



5 - Comer abacate (ou palta)
Aqui eles chamam o abacate de palta. E o mais comum é um tipo de abacate pequeno que quando maduro fica preto. Não costumava comer no Brasil, mas aqui, como há muita variedade, passei a comprar. Aliás eles consomem bastante pois costumam acrescentar à salada ou a algum sanduíche. O que eu mais costumo fazer é o guacamole, mas também a uso nas saladas. Experimente também!




Besos!


NOSSOS PARCEIROS:


Seguidores:


Estoque de fotos


Stock Photos & Images

Postagens mais visitadas