El Calafate - 8o dia

E chega nosso 8o. dia dessa viagem que já está quase no final... Acordamos cedo, nos arrumamos e fomos tomar o café enquanto esperávamos o ônibus da excursão chegar.  Às 7:15 chegaram, pegamos o ônibus e fizemos uma viagem de uns 40 minutos até o porto. Lá pegamos o barco que nos levaria até o Glacial Upsala e depois até a Estancia Cristina. Na imagem abaixo é possível ver o trajeto da excursão.


Pegamos o barco e fomos até o Glacial upsala. Durante o trajeto é possível sair para ver a paisagem e tirar fotos. E como sempre, venta muito! À medida que vamos nos aproximando do glacial, vemos mais "pedras" de gelo flutuando pelo lago. É interessante o glacial Upsala, mas não se compara à grandiosidade do Perito Moreno (ver aqui).











Depois retornamos até o ponto em que é possível pegar o caminho até a Estancia Cristina. Chegando lá, nos separaram em grupos, de acordo com a atividade que havíamos contratado. Primeiro recorremos a Estancia com uma guia que nos explicou a história do lugar. Basicamente a Estancia foi fundada por uma família inglesa que chegou à Argentina no início do século XX em busca de terras que estavam sendo doadas pelo governo com o intuito de povoar áreas más inóspitas do país. E bota inóspitas nisso, pois as terras as quais eles tiveram direito só era possível chegar de barco ou por uma caminhada de 3 dias. Imaginem!












Depois paramos para almoçar. Nós como estávamos com o orçamento curto e como já tinham avisado na agência que se fôssemos almoçar lá sairia mais de 100 pesos por pessoa (para comer macarrão), levamos sanduíche para o almoço.

Primeiramente tínhamos contratado a caminhada até a cachoeira, mas quando chegarmos lá decidimos mudar nosso passeio para a 4x4. Perguntamos à guia se ainda havia disponibilidade e pagamos a diferença dos passeios.

Descansamos do almoço e assim que o outro grupo que estava nas 4x4 desceram, nós entramos nas caminhonetes. Fomos subindo por caminhos tortos com paisagens lindas. Passamos por área de vegetação até chegar a um ponto em que não havia nada mais que rochas. O guia nos contou que há menos de 50 anos havia neve constante nessa área e por isso não há vegetação.







Vimos paisagens que nunca tinha visto antes. Valeu muito a pena trocar o passeio. Quando chegamos lá no alto, há um ponto onde os carros param e nós temos que seguir uns 10 minutos andando para ver o Glacial Upsala de outro ponto. É um lugar impressionante, que venta muito, muito mesmo, com o risco de ser jogado no chão se não tiver cuidado. Mas a vista é linda. Impressionante!
















Depois de um tempo, voltamos ao carro e descemos até chegar ao barco. E vamos rumo à El Calafate. Nos deixaram no hotel. Depois de um breve descanso, saimos para comer uma pizza no La Lechuza. E assim termina nosso último dia de viagem, no dia seguinte já era hora de voltar à Buenos Aires.

Besos!







Veja também:











NOSSOS PARCEIROS:


Seguidores:


Estoque de fotos


Stock Photos & Images

Postagens mais visitadas